Br OS 21.04 é Lançado

Com cronograma dentro do prazo, o Br OS 21.04 é lançado e vem recheado de novidades que vão desde modificações no tema até suporte nativo a pacotes Flatpak diretamente na loja de aplicativos

Programa SL rodando no terminal, uma brincadeira de programador.

Dessa vez o sistema vem com o KDE Plasma 5.21.4 e kernel 5.11.0, o que garante uma gama de novos recursos tanto a nível de kernel quanto a nível de interface com o usuário, um exemplo disso é que se você der um duplo clique devagar com o botão esquerdo em um arquivo, ele acionará a renomeação do arquivo, assim como no sistema das janelas.

Enfim, Flatpak:

Uma novidade que era muito pedida, era a implementação do suporte a pacotes flatpak diretamente na loja Discover, algo que deveria vir habilitado por padrão em toda distro, mas poucas trazem por padrão, e agora também fazemos, a loja Discover não apenas traz suporte nativo a flatpak, como já vem com o repositório flathub configurado, desta forma você poderá instalar pacotes flatpak tando dando um duplo clique em um pacote baixado como faria no sistema das janelas quanto pesquisando na loja de aplicativos, com isso facilitamos vertiginosamente a instalação de aplicativos proprietários de grandes desenvolvedoras que são essenciais para quem deseja trabalhar no Linux.

Compatibilidade é a palavra chave

Como pacote Office, essa versão trouxe o OnlyOffice Desktop Editors, versão off-line da famosa suíte em nuvem.
A versão anterior trazia o FreeOffice, que oferece um ótimo nível de compatibilidade com pacotes MsOffice, porém, a versão disponível ainda mostra ser de 2018, e considerando que a suíte do OnlyOffice continua em pleno desenvolvimento e possui uma maior compatibilidade com o Office, não pensamos duas vezes antes de migrar, porém, você ainda pode baixar e instalar o FreeOffice a partir do site do desenvolvedor, para quem prefere o LibreOffice, ele se encontra disponível em nossa loja de aplicativos.

OnlyOffice – estética e compatibilidade

Wayland:

Agora o sistema traz o servidor gráfico Wayland como opcional, e pode ser selecionado na tela de login, ele é completamente funcional para quem possui placa gráfica ou chip gráfico integrado ao processador, para quem não possui uma GPU, ele rodará com algumas funcionalidades a menos, mas ainda funcionará, o que é um progresso em relação às implementações anteriores do Wayland sob o plasma, onde era necessário uma GPU para o servidor gráfico abrir.

Segurança:

Desde que a Suprema Corte brasileira (STF) começou a bancar a Inimiga da Nação, deturpando a Constituição a seu bel prazer e prendendo pessoas apenas por pensar de forma diferente e se expressar, passamos a nos preocupar Bastante com a privacidade de nossos usuários, com isso o Br OS não possui nenhum tipo de telemetria, para ter uma ideia, ao ser instalado, o Br OS sequer manda um Wello World para sabermos que alguém instalou o sistema, se por um lado isso deixa a gente no escuro, tendo que depender de números de download para mensurar quantas instalações tivemos, por outro lado ninguém pode exigir nenhum dado de nossa parte, pois simplesmente não os temos.

O Br OS traz nativamente a Windscribe VPN, uma VPN gratuita conhecida por não guardar logs com pelo menos 30 servidores gratuitos ao redor do mundo, o Br OS também traz o Tor Browser instalado, além do Metadata Cleaner, um programa que limpa metadados de arquivos, dificuldando a descoberta de seu criador, estas 3 ferramentas quando usadas por alguém que saiba usar, conseguem garantir o anonimato na rede.

ISO Unificada

Finalmente nessa versão conseguimos uma iso unificada para boot legacy e UEFI, o que poupa tempo de desenvolvimento e acaba com o inconveniente de baixar duas isos ou com a dúvida de que iso baixar, vale lembrar que caso seu computador seja de idos de 2013 e a EFI esteja desatualizada, estando na 1.0 a 1.10, recomendamos a instalação do sistema em modo legacy, pelo menos por enquanto, isso acontece devido uma falha grave no Shim, herdada do Ubuntu, que impede o boot UEFI nesses firmwares, já estamos trabalhando em um patch para corrigir o problema, assim, se chegarmos a uma solução primeiro, enviamos o patch para a Canonical, se eles chegarem primeiro, baixamos a atualização e geramos uma nova build.

Versão Lite

Temos em construção uma versão lite do sistema, no momento estamos trabalhando em patches e correções de segurança, em breve estaremos lançando essa versão, que funcionará com LXQT e será compatível com computadores LGA775 ou posteriores.

O Br OS 21.04 pode ser baixado clicando AQUI.

Marcações:

1 comentário em “Br OS 21.04 é Lançado”

  1. Pingback: Br OS 21.04 lançado com base no Kubuntu 21.04 e novos recursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *